O court de Indian Wells é mais rápido de dia ou de noite? Federer não tem dúvidas

Roger Federer regressa esta segunda-feira ao Court Central de Indian Wells para disputar a terceira ronda do quadro de singulares, depois de ter visto o seu encontro de estreia na prova ter sido interrompido e dividido em duas partes, com a primeira a ser disputada de noite e a segunda de dia. Federer garante que há claras diferenças nas condições de jogo.

“É interessante o facto de que há diferença da noite para o dia. Tudo muda. E quando defrontas o mesmo rival em condições diferentes dá para comparar quão diferentes são as condições. À noite a bola morre, a superfície não reage tanto, a bola não anda tanto. De dia, acho que a bola salta mais, especialmente com alguém que joga com muito spin. Há muito que eu não tinha essa situação de ter encontro de noite adiado e atuar de dia no seguinte”, confessou o suíço de 36 anos.

Federer defronta o sérvio Filip Krajinovic na terceira ronda desta segunda-feira, pelas 20 horas de Portugal Continental.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.