Marin Cilic e o doping: “Houve gente que ocultou factos para a minha pena ser maior”

Foi em setembro de 2013 que Marin Cilic conheceu uma sentença de nove meses devido ao consumo de substâncias ilícitas durante a sua atividade no circuito profissional. Desde então que o jogador croata tem conseguido afirmar-se novamente entre os melhores do mundo mas o passado é passado, e os dissabores ainda são muitos. Alguns deles com a própria ITF.

Numa entrevista mencionada pelo “Punto de Break“, Marin Cilic falou sobre o processo que levou à decisão final por parte da Federação Internacional de Ténis, dizendo que as coisas poderiam ter sido feitas de outra forma para minimizar a situação:

“Tive uma má experiência com a ITF durante o meu caso de doping. Houve gente que intencionalmente ocultou factos para que a minha sanção fosse maior, e deixa-me perturbado cada vez que penso nisso”.

Marin Cilic cumpriu a suspensão até ao dia 31 de janeiro de 2014. Desde então, reconquistou o seu lugar no top-10 mundial e venceu seis títulos no circuito profissional, incluíndo o Open dos Estados Unidos, em 2014.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *