Conchita Martinez confirma que não vai acompanhar Garbiñe Muguruza nos próximos torneios

Já era uma notícia que esperava, mas agora Conchita Martínez tornou-a claramente oficial. A colaboração que teve com a campeã de Wimbledon, Garbiñe Muguruza, foi puramente conjuntural e para já não há planos para que a dupla se volte a juntar num futuro próximo. Recorde-se que ambas partiram para esta colaboração após a ausência do treinador de Muguruza, Sam Sumyk, fora de Wimbledon para assistir ao nascimento do filho em Los Angeles.

“Estou sempre em contacto com todos os jogadores. Mas será o Sam (Sumyk) que irá estar presente a partir de agora”, confirmou a campeã da edição de 1994 do Grand Slam britânico. Conchita Martínez aproveitou a ocasião para abordar a final de Wimbledon, encontro no qual acredita ter visto a melhor face da sua pupila.

“Durante as duas semanas, ela lutou por cada ponto de cada encontro. Isso, mentalmente, é muito forte, e pôde-se ver as outras jogadoras a quebrar com isso. Para mim, é muito importante aplicar-se intensidade no jogo. E ela fez isso. Jogou relaxada, mas com muita intensidade”, analisa, explicando de que forma motivou Muguruza. “Disse-lhe para pensar ponto a ponto, e esquecer tudo o resto”.

Mas os elogios não ficam por aqui, com Conchita Martínez a admitir que a sua pupila aprendeu a ganhar mesmo quando não joga bem. “Ela é muito forte. É muito importante que se mantenha agressiva. Por vezes ganhas jogando de uma forma inacreditável, outras ganhas jogando pior. Nas meias-finais eu apenas lhe disse que era mais um encontro, não uma meia-final. E que esse dia era apenas mais um dia”.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *