Ferrer campeão em Kuala Lumpur

Foi numa final totalmente espanhola que David Ferrer conquistou o seu quarto título da temporada. Ao derrotar o compatriota Feliciano López, numa embate entre primeiro e segundo cabeças-de-série, o tenista espanhol, o único do ativo fora do Big Four a ter disputado meia centena de finais ATP na carreira, “empatou” em 25-25 a sua taxa de aproveitamento das mesmas.

Derrotado por João Sousa no histórico triunfo do português em 2013, Ferrer entrou decidido a sair vencedor do Malaysian Open na edição desta temporada. Em dois disputados sets o tenista natural de Xàbia, na Comunidade Valenciana, derrotou o toledano López ao cabo de mais de hora e meia e pelos parciais de 7-5 7-5. A “carraça” dispôs de onze pontos de break em todo o encontro (tendo convertido três, contra 1/2 de López) e cedeu apenas sete pontos com a segunda bola, em oposição aos dezasseis ganhos quando Deliciano teve de recorrer ao segundo serviço.

Esta vitória coloca Ferrer com quase mil pontos de avanço sobre Richard Gasquet, nono classificado nos year-to-date rankings. O experiente tenista, presente nas ATP World Tour Finals ininterruptamente desde 2010 e finalista da competição em 2007, ultrapassa ainda Rafael Nadal e volta a ser o melhor espanhol presente na hierarquia mundial masculina. Já López, nº12 em Março, sobe dois lugares e regressará amanhã ao top15.