Federer sobre Kyrgios: «Eu era como ele mas felizmente mudei»

Roger Federer está de regresso ao court, aos títulos e às entrevistas. Ao jornal alemão Blick, o suíço de 36 anos falou sobre a sua juventude que, como não esconde, está longe de se assemelhar à sua postura quem fazem dele um verdadeiro gentleman.

Em tom de comparação com Nick Kyrgios, com que jogou na semana passada, a caminho do título em Estugarda, o número um mundial admite já ter ‘sofrido’ da instabilidade e irreverência do australiano de 23 anos. “Sou um grande fã do Nick”, começou por frisar Federer.

“No court, parece muito relaxado e movimenta-se de uma forma muito fácil e natural.  Eu costumava ser como ele, mas felizmente mudei. caso contrário, não teria tido tanto sucesso”, acrescentou o recordista de títulos do Grand Slam (20), apontando os pontos fortes de Kyrgios. “É muito difícil quebrar-lhe o serviço, preferia não ter de me cruzar com ele em Londres [Wimbledon]”, admitiu.

Um encontro impossível de acontecer nesta semana, já que Kyrgios joga o ATP 500 do Queen’s Club, enquanto Federer vai tentando conquistar o 11.º título na relva alemã de Halle.