Federer sobre a marca RF: «Continua com a Nike mas espero recuperá-la em breve»

Esperada, a vitória de Roger Federer na primeira ronda de Wimbledon foi abafada por uma novidade (mais ou menos) inesperada: surgir equipado com Uniqlo, depois de duas décadas a vestir Nike. Sem fugir ao assunto no seu compromisso com a imprensa, o suíço de 36 anos revelou alguns aspectos deste seu novo compromisso com a marca japonesa, já usada por Novak Djokovic.

“Estou muito contente por representar a Uniqlo”, disse o número dois mundial, revelando que a marca RF permanece, para já, com a Nike. “O logótipo RF está com a Nike neste momento, mas será minha entretanto. Espero que a Nike facilite no processo de recuperação da marca. é muito importante para mim e para os meus fãs”.

“São as minhas iniciais”, continuou, “são minhas. A boa notícia é que não será da Nike para sempre. Votará para mim dentro em breve. Esperamos que no início do próximo ano as pessoas já possam comprar as minhas peças”.

“O meu contrato com a Nike terminou em março e percebi que não havia nada seguro da parte deles, por isso procurei outras hipóteses. Estou completamente comprometido com o ténis e em ganhar títulos, e Uniqlo tem um grande amor pela vida, pela cultura e pela humanidade”.

Quantos aos ténis, Federer opta por continuar a usar a sua marca de sempre. “Não tenho nenhum contrato relacionado com as sapatilhas e por agora vou continuar a usar Nike. Eles estão interessados que eu continue a usar, mas vou ver outras ofertas”.