Federer sem desculpas: «Não estive à altura da ocasião»

Roger Federer viu uma vantagem confortável de dois sets a zero frente a Kevin Anderson escapar-lhe pelos intervalos dos dedos, abandonando Wimbledon nos quartos-de-final. Na hora de se sentar diante da imprensa para analisar o embate, o campeão de 20 títulos do Grand Slam, oito deles em Wimbledon, recusou refugiar-se em desculpas.

“Há alturas em que mostramos estar à altura da ocasião. Hoje não estive”, disse o suíço de 36 anos e campeão em título. “Não me senti como seria de esperar”, acrescentou Federer, colocando os olhos no futuro. “O meu objectivo é estar regressar em 2019 e voltar a lutar pelo título”.