Federer: «Recebo 15-20 cartas todas as semanas e tento responder»

Roger Federer, apontado por muitos como o maior jogador de todos os tempos, está habituado a lidar diariamente com milhares e milhares de fãs nos vários cantos do mundo. Segundo o próprio, o helvético está em constante contacto seja nos torneios… ou até em casa.

Em declarações, o número dois mundial confessou receber várias cartas numa das suas casas em Bottmingen. “Toda a gente que me escreve uma carta ou me envia selos geralmente recebe uma resposta. Isto é gerido pelos meus pais. Recebo, pelo menos, 15 a 20 cartas todas as semanas. Os meus pais ainda me mostram as melhores. Por acaso, o meu pai até me trouxe algumas para assinar”.

O suíço deu ainda a sua opinião sobre o porquê de ser tão acarinhado. “Costumo ouvir que tem a ver com a forma como jogo ténis. Às vezes dizem que é pela minha pessoa. Quando as coisas correm bem, as pessoas admiram-me. Quando as coisas não correm tão bem, as pessoas dizem: ‘O Federer também tem de perder, deve ser complicado’. Tenho a certeza que isso me deu mais fãs”, comentou o tenista de 36 anos.