Federer ou Nadal? «Nadal. Obviamente»

Pablo Carreno-Busta está de regresso ao Millennium Estoril Open para fazer o que no ano passado não conseguiu por pouco: sagrar-se campeão. Entre encontros, treinos e compromissos com a imprensa, roubamos-lhe alguns minutos para ficarmos a conhecer melhor o finalista do ano passado, depois de termos encostado Pedro Sousa à parede.

Tido como o futuro do ténis do país vizinho, Carreno-Busta não hesitou em tomar partido do tenista espanhol que vai ainda roubando todas atenções: Rafael Nadal. Curiosamente, Nicolas Almagro, jogador que esteve na nossa mira no ano passado, revelou ser, sem qualquer tipo de recato, “team Federer”.