Federer não tem dúvidas: «Nadal vai ser o adversário mais complicado em Wimbledon»

O torneio de Wimbledon está aí à porta e Roger Federer espera ser capaz de revalidar o título conquistado na última época. O suíço, em conferência de imprensa em Estugarda, revelou quem vai ser para si, o seu adversário mais complicado no terceiro Grand Slam do ano.

Para o número dois mundial, a decisão é… simples. “Vai ser o Nadal. Ele vai estar em boa forma. Venceu duas vezes em Wimbledon e está melhor a cada ano que passa. O Rafa está mais agressivo e melhor nas superfícies rápidas. Ele não é apenas o Rei da Terra Batida, ele pode jogar bem em qualquer lugar”, afirmou o vencedor de oito títulos no All England Club.

Federer falou ainda de mais possíveis adversários que poderão causar estragos. “Temos também o Cilic, Del Potro e espero que o Djokovic possa voltar forte. Já mostrou algum bom ténis este ano. Também espero que o Murray e o Stan estejam de volta”. E quanto a Alexander Zverev?

“Penso que vai ter um excelente dia. Aprendeu muito dos seus encontros em cinco set em Paris. Já mostrou que pode jogar em relva. O serviço e resposta abrem-lhe possibilidades”, concluiu o helvético, que disputou um dos melhores encontros da história do ténis frente a Nadal, na final de Wimbledon em 2008.