Federer: «Fico muito feliz por ver o Wawrinka a jogar tão bem»

Roger Federer precisou de suar mas conseguiu garantir a passagem para as meias-finais do ATP 1000 de Cincinnati após um triunfo diante do compatriota e amigo Stan Wawrinka.

O suíço, em conferência de imprensa, deixou fortes elogios a Stan The Man. “O Stan tem o poder, isso não se perde. Estou realmente feliz por estar de volta ao circuito e que esteja a jogar e a mover-se tão bem. Desfrutei muito do encontro por tudo o que significava. É sempre difícil jogar contra o Stan mas estou muito feliz por ter encontrado forma de ganhar o segundo set, numa noite frustrante para mim”, explicou.

Federer não tinha uma jornada dupla desde 2005, algo que o helvético considera inédito. “Foi muito emocionante passar por algo assim, creio que foi a segunda vez na minha carreira. Senti que foram dois dias em separado, já que o jogo com o Mayer foi de manhã com muito vento e à noite estava completamente diferente. Dois ambientes diferentes, foi muito interessante”, concluiu o tenista de 37 anos.