Federer campeão da Hopman Cup ao lado de Bencic, 17 anos depois de vencer a prova com Hingis

A Suíça conquistou este sábado a Hopman Cup pela primeira vez em 17 anos, com Roger Federer e Belinda Bencic a derrotarem a Alemanha, de Alexander Zverev e Angelique Kerber, numa final memorável, que voltou a bater um recorde de assistência da prova na Perth Arena, com mais de 14 mil espectadores.

Depois de nos dois encontros de singulares se ter registado um empate, com Federer a derrotar Zverev e Bencic a superar Kerber, os suíços acabaram por decidir a final no duelo de pares mistos, com o par helvético de jogar de forma perfeita para bater a Alemanha por 4-3(3) e 4-2, confirmando o bom nível que haviam apresentado durante a fase de grupos também no que toca a esta variante mais específica.

Ao todo, esta é a terceira conquista da Suíça, que também já havia vencido em 1992. A Alemanha falhou o seu terceiro troféu. O último foi já em 1995, quando Anke Huber e Boris Becker arrecadaram o tão desejado troféu.

Federer não compete na próxima semana e segue agora para Melbourne, onde vai preparar a defesa do título no Australian Open. Alexander Zverev segue para Sydney, onde vai jogar um evento de exibição, tal como Angelique Kerber, que defronta Lucie Safarova já esta segunda-feira na primeira ronda do torneio WTA. Quanto a Belinda Bencic, planeia disputar uns encontros de exibição no Kooyong Classic.