Federer brinca com o tamanho da equipa: «Tenho de alcançar os ‘quartos’ para haver retorno»

Homem de família extensa e de uma substancial equipa técnica, Roger Federer faz-se acompanhar de uma ‘entourage’ que chegaria para dois jogadores. O próprio suíço de 36 anos brinca com o tamanho da equipa que o acompanha de torneio em torneio.

“A minha equipa tem um papel muito importante”, começou por dizer Federer em entrevista ao Credit Suisse, no passado mês de junho. “Sinto que somos o resultado da equipa que temos. Comparando com os outros jogadores, tenho uma equipa grande. Isso também faz com que te sintas pressionado, por vezes. Tenho de chegar aos quartos-de-final para haver retorno financeiro”.

Um tipo de pressão que o recordista de títulos do Grand Slam (20) considera positiva. “Considero que é uma coisa boa, porque se nunca me sentir nervoso é sinal de que me deixei de importar. Não o podemos evitar, não somos robôs, somos humanos, e às vezes sentimo-nos mais confiantes, outras vezes não”.