Ainda Murray sem certezas sobre presença no Open da Austrália

Andy Murray está de regresso aos courts esta terça-feira, para encontrar Roger Federer num encontro exibição em Glasgow, Escócia, sem certezas, no entanto, de como vai ser o seu arranque da nova temporada. A recuperar de uma persistente lesão na anca, o escocês de 30 anos admite que, embora a recuperação decorre a bom rimto, não sabe se estará na forma desejável para disputar o Open da Austrália, na última quinzena de janeiro.

“Espero marcar presença, a reabilitação tem corrido bastante bem até agora”, disse Murray aos jornalistas presentes no seu país. “Mas nunca se sabe, tem de se encarar uma semana de cada vez, porque as coisas mudam de forma bastante rápida”, acautela.

“Tenho treinado nas últimas semanas. Nuns dias sinto-me ótimo, noutros nem tanto, mas estou a recuperar e voltarei quando me sentir a 100 por cento. Talvez tenha cometido um erro ao preparar-me para o Open dos Estados Unidos, mas era o último Grand Slam do ano e não queria tentar jogar”, admitiu, que acabou por desistir da prova nova-iorquina.

Murray e Federer defrontam-se a partir das 19h30 de Portugal Continental.

 

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *