Gilles Muller antecipa final do Millennium Estoril Open: «Amanhã vai ser muito duro para mim»

No dia em que o seu filho, Lenny, celebra o seu sexto aniversário, foi Gilles Muller quem recebeu um presente. O tenista luxemburguês, que ocupa atualmente a 28ª posição do ranking mundial, qualificou-se este sábado para a sua segunda final do ano, no Millennium Estoril Open.

Apesar de ter conquistado o seu primeiro título ATP em Janeiro, em Sydney, Muller confessou que não se sente a jogar o seu melhor ténis: “Obviamente tenho estado a fazer bons resultados. O primeiro título foi algo muito especial e já estava à espera há muito tempo. Tive algumas finais que perdi, por isso foi um grande momento para mim. Honestamente, acho que joguei melhor ténis no ano passado do que agora, ainda estou a tentar encontrar esse ténis, mas os resultados têm aparecido por isso não me posso queixar.”

Já quanto à final deste domingo, Gilles Muller antecipa um encontro bastante difícil: “Tal como qualquer outro encontro, acho que vai ser duro. E jogar contra alguém numa final, também significa que essa pessoa já ganhou alguns encontros, por isso vem em boa forma e com confiança. O Pablo é ainda pior para mim, porque ele tem estado a ter um grande ano, quebrou a barreira do top-20, e tem estado a vencer bastantes encontros, por isso amanhã vai ser muito duro para mim.”

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *