Carlos Ramos regressa ao ATP em Portugal

Carlos Ramos é uma das maiores referências da atualidade, a par de Mariana Alves, na arbitragem internacional. Considerado um dos melhores árbitros de cadeira do Mundo, o profissional, de 46 anos, um dos juízes de elite da Federação Internacional de Ténis (ITF), está de regresso aos torneios do ATP World Tour, após uma ausência de 17 anos.

E foi precisamente em Portugal e no Millennium Estoril Open, a decorrer no Clube de Ténis do Estoril, que Carlos Ramos voltou a prestar serviço no circuito profissional masculino. Depois de ter arbitrado o seu último encontro em 2000 e de se ter dedicado quase em exclusivo, nas últimas duas décadas, aos Grand Slams, Taça Davis e Fed Cup, sem esquecer a avaliação e formação de novos juízes, o português residente em Lyon voltou a integrar, esta semana, o naipe de oficiais do ATP.

Mas o Millennium Estoril Open não será o único torneio este ano, em território nacional, a contar com Carlos Ramos, já que este também exercerá funções de árbitro de cadeira no Lisboa Belém Open (tal como Mariana Alves), o ATP Challenger de 43.000 euros que terá lugar no CIF, entre os dias 12 e 18 de junho.

Antes disso, já no final do mês de maio, Carlos Ramos voltará a sentar-se na cadeira de árbitro do ATP 250 de Lyon, o Open Parc Auvergne-Rhône-Alpes que, entre outros, tem já assegurada a presença de Milos Raonic, Jo-Wilfried Tsonga, Nick Kyrgios e Benoit Paire.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.