Escândalo na Taça Davis: Shapovalov acerta com bola no árbitro, é desqualificado e perde a eliminatória

É um dos finais de Taça Davis mais dramáticos, inesperados e algo inglórios de que há memória: num duelo entre o Reino Unido e o Canadá que daria o ponto decisivo de acesso aos quartos-de-final do Grupo Mundial, o jovem Denis Shapovalov foi desqualificado por ter acertado com uma “bolada” no árbitro-de-cadeira, no seguimento de mais uma quebra de serviço diante de Kyle Edmund. O canadiano não aguentou as lágrimas.
Ainda com pouco ritmo de Taça Davis, calhou logo a Denis Shapovalov, número 234 da hierarquia mundial, defrontar Kyle Edmund no último e decisivo encontro entre o Canadá e o Reino Unido, Depois de perder os dois primeiros sets, por 6-3 e 6-4, o jovem cedeu um novo break de serviço para ficar em desvantagem por 2-1. Perante uma exibição fraca, fez isto:

As regras são claras e, neste caso, não havia qualquer hipótese de o contrário acontecer. Depois de ter ficado algo atordoado com o momento, o árbitro-de-cadeira anunciou a desqualificação do jovem, a derrota do Canadá e a consequente vitória do Reino Unido, perante muitos assobios e lágrimas:
 


Como se pode ver ma imagem em baixo, o árbitro não ficou em bom estado, precisando mesmo de assistência médica:

Alguns jogadores já reagiram ao sucedido no Twitter.