Edberg: «O que o Federer tem feito nos últimos anos é inacreditável. Mostrou que a idade não é tudo»

Stefan Edberg, antiga estrela sueca e treinador de Roger Federer entre 2014 e 2015, falou numa entrevista ao Tennis Magazin sobre os feitos do número dois mundial, desde que regressou à competição no ano passado.

Edberg referiu que, durante o tempo em que trabalhou com o astro suíço, sentia que era uma questão de tempo até Federer regressar aos títulos do Grand Slam. “Quando me juntei à sua equipa senti rapidamente nos treinos que podia ganhar outro Grand Slam. Merecia ter ganho um Major em 2014 e 2015 mas o Djokovic foi sempre um pouco melhor”, admitiu.

“Com a idade fica mas difícil vencer um título do Grand Slam, mas o Roger mostrou que a idade não é tudo. O que ele fez nos últimos anos é incrível. Recordo-me que há três ou quatro anos teve pouca sorte com as lesões, mas o Open da Austrália de 2017 mudou tudo. As bolas que iam fora ou ficavam na rede, começaram a tocar na linha e isso dá muita confiança”, frisou o antigo número um mundial.