Donald Young: «Quero manter-me nesta onda»

Está confirmado um dos duelos mais aguardados da semana no Delray Beach Open by The Venetian Las Vegas. Donald Young, atual 56.º classificado da hierarquia masculina, aproveitou o bom ritmo que tem adquirido ao longo da semana e levou a melhor diante do terceiro favorito, Alexandr Dolgopolov, em três partidas. O seu próximo é Bernard Tomic, que passou esta sexta-feira menos de um hora em court.

O jogador norte-americano reagiu da melhor maneira à perda da primeira partida e deu a volta ao marcador ao cabo de 1h50 e com os parciais de 2-6, 6-3 e 6-4. Nos últimos dois sets, Young, que confirmou o regresso ao top-50 com este resultado pela primeira vez desde agosto de 2014, enfrentou apenas um ponto de break e teve sempre o serviço mais apurado do que o do seu adversário.

No final, o jogador de 25 ano revelou estar satisfeito:

“Acho que lutei bem. Não comecei da maneira pretendida e ele estava a jogar bastante bem, mas decidi lutar e não ser tão conversador, algo que parece ter dado resultado. Atualmente sinto-me bem e espero que isto ainda não tenha terminado. Quero seguir nesta onda e e espero poder conseguir algo mais”.

Para que “isto ainda não tenha terminado”, Young terá de passar por cima de Bernard Tomic para disputar a final do torneio da casa. O jogador australiano ainda teve de salvar sete pontos de break mas foi com relativa facilidade que derrotou o qualifier Yoshihito Nishioka, fora dos 150 primeiros, por 6-3 e 6-1 em menos de uma hora. Recorde-se que, na semana passada, Young e Tomic mediram forças nos quartos-de-final de Memphis, com a vitória a cair para o lado do americano.

Na luta pela segunda vaga na final do evento estarão Adrian Mannarino e Ivo Karlovic: o jogador francês, quinto pré-designado, eliminou Yen-Hsun Lu, por 3-6, 6-1 e 6-1, enquanto Karlovic deu por concluída a jornada com uma vitória por 6-2 e 7-6(4) frente ao favorito do público, Steve Johnson.