Djokovic regista pior ranking desde 2007 e pode sair do top 30 esta semana

O deslize na segunda ronda em Madrid trouxe a Novak Djokovic consequências nada animadoras. Incapaz de defender as meias-finais no Masters 1000 espanhol, o sérvio de 30 anos caiu seis lugares no ranking mundial ATP, esta segunda-feira, surgindo na 18.ª posição.

O antigo número um mundial e campeão de 12 títulos do Grand Slam não descia tanto desde 2007, sendo que esta semana, no Masters 1000 de Roma, defende 600 pontos da final do ano passado e precisa de chegar aos quartos-de-final para não sair do top 30.

Djokovic corre ainda o risco de ficar fora dos 33 primeiros do ranking, o que o deixaria fora dos 32 cabeças-de-série de Roland Garros. Suposições à parte, o jogador dos Balcãs estreia-se no evento transalpino com o ucraniano Alexandr Dolgopolov, 54.º mundial.