Djokovic, Federer e Nadal avançam em Roma

Os principais favoritos ao título do Internazionali BNL d’Italia, torneio ATP Masters 1000 disputado em Roma, avançaram esta Quinta-feira para os quartos-de-final do torneio. A excepção foi Andy Murray. O escocês, que venceu na semana passada o Mutua Madrid Open, anunciou esta manhã a desistência do torneio, devido ao cansaço que sente dos jogos acumulados nas últimas duas semanas.

Assim, David Goffin, quem Murray ia enfrentar nos oitavos-de-final, passou directamente para os quartos-de-final, onde vai enfrentar David Ferrer. O espanhol eliminou na terceira ronda o seu compatriota Guillermo Garcia Lopez, por fáceis 6-1 6-3.

O número um mundial, Novak Djokovic, voltou a demonstrar dificuldades em jogar o seu melhor ténis. O sérvio precisou de disputar três sets frente a Thomaz Bellucci, depois do brasileiro ter vencido o primeiro set. No final, a experiência falou mais alto, e Novak qualificou-se para os quartos-de-final, pelos parciais 5-7 6-2 6-3.

Nos quartos-de-final, Djokovic não vai ter um adversário fácil, já que vai enfrentar Kei Nishikori, que despachou Victor Troiki, por 6-4 6-3. De lembrar que Kei vem de um título em Barcelona e de meias-finais em Madrid, e parece estar cada vez a jogar melhor.

Rafael Nadal precisou pouco mais de uma hora, para eliminar John Isner, por duplo 6-4. O “Rei da terra batida” tem pela frente nos quartos-de-final, Stan Wawrinka, que derrotou Dominici Thiem, por 7-6(3) 6-4.

No último encontro dos quartos-de-final, vão estar frente-a-frente Roger Federer e Tomas Berdych. Federer venceu o sul-africano Kevin Anderson, por 6-3 7-5, enquanto Berdych precisou de mais de duas horas e meia de jogo para eliminar Fabio Fognini, pelos parciais 6-3 3-6 7-6(2).