Diogo Rocha lesionado despede-se do Lisboa Challenger

As expetativas e perspetivas eram boas, mas Diogo Rocha e António Luque não conseguiram superar esta quarta-feira a primeira ronda da terceira edição do Lisboa Challenger, quinto torneio da temporada do World Padel Tour. A dupla luso-espanhola cedeu ante Rafael Méndez e Diego Ramos, em três sets, naquele que foi o último encontro da jornada inaugural no court central do Centro de Ténis de Monsanto.

Rocha e Luque, depois de cederem o primeiro set por 6-4, ainda conseguiram protagonizar uma boa recuperação e, graças ao 6-1 na segunda partida, restabelecer a igualdade no marcador e levar a decisão do triunfo a derradeiro set. Um problema na anca direita de Diogo Rocha limitou e comprometeu, contudo, a exibição da dupla que entregou a passagem aos oitavos de final, por 6-0, a Méndez (62º no ranking mundial) e Ramos (64º). A lesão havia sido contraída há cerca de uma semana e o português não teve tempo suficiente para recuperar a 100 por cento. “Os adversários tiveram mérito, mas estou mesmo triste por não ter conseguido competir ao máximo num torneio no meu país … mas é o desporto”, confidenciou ao Bola Amarela, reconhecendo só lhe restar agora “tentar recuperar o mais rápido possível porque é época é longa”.

Rocha, 70º na hierarquia do WPT, era o único português a ter duas presenças nos oitavos de final do Lisboa Challenger: em 2016 ao lado de João Bastos e em 2017 na companhia de Luque. À terceira participação ficou-se pela estreia, num dia em que Alex Ruíz, campeão da edição inaugural do Lisboa Challenger e finalista vencido do ano passado, foi um dos maiores protagonistas com Agustín Silingo, ao perder ante Lucas Campagnolo e Lucas da Cunha, em três sets (4-6, 6-3 e 2-6), no Indoor Padel Center, onde decorreram todos os encontros sem portugueses.

Atendendo às condições climatéricas instáveis, a organização do evento optou por deixar apenas os quatro encontros com portugueses no Centro de Ténis de Monsanto e, por precaução, passar os restantes para o Indoor Padel Center, em Alfragide, onde já haviam decorrido as fases de qualificação.