Del Potro admite perante 1800 pessoas: «Estou solteiro… Vejo muitas mulheres bonitas aqui»

As comemorações pela conquista da Taça Davis parecem não acabar tão cedo. De visita a Tandil, a sua cidade natal, pela primeira vez desde que meteu as mãos na saladeira, Juan Martin del Potro teve direito a uma homenagem. Durante a cerimónia, que contou com 1800 pessoas, o argentino de 28 anos foi encostado à parede, mas não vacilou e enfrentou o desafio de frente.

Questionado sobre o seu atual estado civil, Del Potro abriu o jogo. “Esta pergunta foi encomendada por algum amigo meu que está por aí”, começou por dizer o campeão do Open dos Estados Unidos 2009, entre as gargalhadas do público. “Quero que saibam que estou solteiro. Vejo mulheres muito bonitas por aqui e estão todas convidadas para os festejos que se seguem”.

A isto se chama descalçar uma bota com grande desenvoltura, e, em simultâneo, afugentar os rumores de que teria nova conquista. Ainda antes da cerimónia, Del Potro falou sobre a importância de regressar à cidade que o viu crescer, numa altura tão importante da sua carreira.

“É incrível. Esta é a primeira vez que venho cá depois de vencer a Davis. Mal podia esperar para reencontrar minha família e meus os amigos. Se Tandil já estava na história, agora estará ainda mais, o troféu da Taça Davis estará para sempre aqui.”