Comentador britânico diz que jogadores treinaram em condições diferentes para a final

Ainda nem a final do Open da Austrália tinha começado e Craig Tiley, diretor do torneio, já tinha a sua caixa de notificações no Twitter cheia de críticas por parte de vários adeptos. De acordo com informações partilhadas por Craig Rusedski, antigo jogador e atual comentador britânico, Roger Federer e Marin Cilic treinaram em condições diferentes antes do encontro de hoje, sendo que foi o suíço quem treinou com o teto fechado.

A final masculina do Open da Austrália está a ser disputada em condições indoor devido à ativação dos procedimentos por calor extremo, que se fizeram sentir momentos antes do arranque do encontro. A ‘polémica’ está no facto de, com o teto fechado, as condições ficarem um pouco mais rápidas, o que ‘beneficiaria’ o jogo de Roger Federer.

Para além disso, o número dois do mundo treinou na Rod Laver Arena nas mesmas condições desta final, ao passo que quando Cilic esteve em treinos no court, o teto estava ainda aberto. O comunicado da Tennis Australia explicou a decisão, embora vários jornalistas e comentadores já tenham dito que o teto se manteve aberto durante vários dias com condições de calor piores, como foi o caso do encontro entre Novak Djokovic e Gael Monfils.

Craig Tiley tem tido bastantes dores de cabeça neste torneio.