Cilic critica fecho do teto: «Preparei-me para 38 graus e estava bem menos calor»

Marin Cilic, finalista derrotado no Australian Open, assumiu-se este domingo surpreendido com o fecho do teto da Rod Laver Arena horas antes da final masculina. A organização da prova tomou essa decisão para evitar que os jogadores atuassem em situações de calor e humidade pouco confortáveis, mas Cilic não ficou particularmente contente com a decisão.

“Joguei todos os meus encontros ao ar livre, pelo que fiquei surpreendido. Foi a primeira vez que joguei com o teto fechado e isso tornou as coisas bem diferente. Estava mais fresco e foi difícil ajustar-me às condições. Não sei se poderia ter sido diferente ou não. A verdade é que me preparei como jogar com 38 graus e depois estava bem mais fresco”, admitiu o croata de 28 anos.

Cilic garante que ninguém lhe perguntou nada. “Ninguém me perguntou. Vieram ter comigo e disseram-me que essa era uma possibilidade e que tomariam a decisão em cima da hora. Eu não me importo de jogar indoor, mas fez diferença passar de 38 graus para 23…”