João Sousa de regresso ao top40

ATP

Em vésperas do início do primeiro Grand Slam da temporada, tiveram lugar dois torneios do circuito ATP, em Auckland e em Sidney (curiosamente, as duas cidades mais conhecidas, apesar de não serem as capitais oficiais, da Nova Zelândia e da Austrália, respetivamente).

No primeiro, Jack Sock levou de vencida João Sousa no embate decisivo, ao passo que Gilles Müller fez história ao conquistar Sidney.  Ambos sobem, respetivamente, três e seis posições para alcançarem novos máximos de carreira.

1. (1) Andy Murray (Reino Unido), 12.560 pontos
2. (2) Novak Djokovic (Sérvia), 11.780 pontos
3. (3) Milos Raonic (Canadá), 5.290 pontos
4. (4) Stan Wawrinka (Suíça), 5.155 pontos
5. (5) Kei Nishikori (Japão), 5.010 pontos
6. (6) Gael Monfils (França), 3.625 pontos
7. (7) Marin Cilic (Croácia), 3.605 pontos
8. (8) Dominic Thiem (Áustria), 3.415 pontos
9. (9) Rafael Nadal (Espanha), 3.195 pontos
10. (10) Tomas Berdych (Rep. Checa), 3.060 pontos

20. (23) Jack Sock (EUA), 1.810 pontos
28. (34) Gilles Müller (Luxemburgo), 1.415 pontos


WTA

De igual modo, as tenistas que elevaram troféus de campeã neste fim-de-semana são os destaques da atualização desta segunda-feira.

Também em Sidney, a britânica Johanna Konta, que nasceu precisamente nessa cidade australiana, triunfou na final do torneio, igualando com isso o seu melhor ranking de sempre. Já em Hobart, outra cidade na maior ilha do mundo, foi a belga Elise Mertens a sair por cima e a assegurar a sua estreia no lote das cem melhores tenistas do mundo.

1. (1) Angelique Kerber (Alemanha), 8.875 pontos
2. (2) Serena Williams (EUA), 7.080 pontos
3. (3) Agnieszka Radwanska (Polónia), 5.625 pontos
4. (4) Simona Halep (Roménia), 5.073 pontos
5. (5) Karolina Pliskova (Rep. Checa), 4.970 pontos
6. (6) Dominika Cibulkova (Eslováquia), 4.865 pontos
7. (7) Garbiñe Muguruza (Espanha), 4.420 pontos
8. (8) Madison Keys (EUA), 4.137 pontos
9. (10) Johanna Konta (Reino Unido), 4.055 pontos
10. (9) Svetlana Kuznetsova (Rússia), 3.745 pontos

82. (127) Elise Mertens (Bélgica), 765 pontos


Portugueses

João Sousa está de regresso ao top40! Como já foi referido, o vimaranense alcançou a primeira (de muitas, esperemos) final do ano em Auckland e escala, fruto desse resultado, sete posições na hierarquia. Gastão Elias está também ele em destaque, ao retornar nesta segunda-feira aos oitenta primeiros, ao passo que, no sentido inverso, Frederico Silva cai 47 lugares.

37. (44) João Sousa, 1.135 pontos
77. (81) Gastão Elias, 698 pontos
189. (189) Pedro Sousa, 304 pontos
343. (345) João Domingues, 136 pontos
366. (319) Frederico Ferreira Silva, 125 pontos
426. (427) Fred Gil, 97 pontos
477. (481) Gonçalo Oliveira, 82 pontos
556. (555) André Gaspar Murta, 61 pontos
587. (589) João Monteiro, 53 pontos
863. (865) Bernardo Saraiva, 18 pontos
892. (894) Rui Machado, 16 pontos
923. (927) Nuno Deus, 15 pontos
983. (984) Miguel Semedo, 12 pontos


Portuguesas

Em nova semana sem alterações de pontuação para as tenistas nacionais, Michelle Larcher de Brito é, desta feita, a única a descer (e a não subir).

230. (229) Michelle Larcher de Brito, 223 pontos
550. (554) Inês Murta, 49 pontos
748. (752) Maria João Koehler, 22 pontos
1155. (1158) Inês Mesquita, 5 pontos
1173. (1176) Cláudia Cianci, 5 pontos

Sobre o autor
- Licenciado em Ciências da Engenharia - Engenharia Física. Estudante de Mestrado em Engenharia Física Tecnológica no Instituto Superior Técnico. Membro da equipa desde maio de 2011 e grande entusiasta por ténis.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *