E 14 anos depois, regressa o domínio de jogadores do mesmo país na liderança das hierarquias

A derrota de Roger Federer na sessão noturna desta quarta-feira no Open dos Estados Unidos serviu para confirmar duas coisas: Juan Martin del Potro está mesmo de regresso às fases finais dos grandes palcos, e Rafael Nadal manterá a liderança da hierarquia masculina pelo menos durante mais algumas semanas.

Com a subida de Garbiñe Muguruza ao lugar número um da classificação feminina, ambos os líderes da próxima segunda-feira terão a mesma nacionalidade, algo que já não acontecia desde 2003.

Na altura, Andre Agassi e Serena Williams ocupavam os respetivos lugares de topo do ranking naquele que era um domínio totalmente norte-americano, não só por parte destas duas estrelas mas de outros jogadores como Venus Williams e Andy Roddick. A confirmação foi avançada pela própria ATP World Tour, na sua conta de informações estatísticas no Twitter. Os alemães Boris Becker e Steffi Graf representam outro exemplo de jogadores com a mesma nacionalidade a número um do mundo ao mesmo tempo.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *