Murray: «Ninguém no Mundo move tão bem a direção da bola como o Nishikori»

Andy Murray e Kei Nishikori jogaram esta quarta-feira o mais longo encontro da história da fase de grupos das ATP World Tour Finals (várias finais à melhor de cinco sets demoraram mais) e no final do encontro o britânico, número um mundial, deu muito mérito ao japonês de 26 anos, que o levou aos limites no triunfo por 6-7(9), 6-4 e 6-4, em 3h20.

“No primeiro set o Kei dominou todas as trocas de bola, tive muitas dificuldades. É muito difícil defrontá-lo, porque não há ninguém que mova tão bem a bola como ele. Só no terceiro set senti que entrei melhor e joguei bem, consegui mudar as coisas, porque ele poderia ter resolvido o assunto em duas partidas”, assumiu em declarações logo após o encontro.

O britânico tentou fugir ao tema Djokovic, mas lá foi deixando uma resposta ou outra. “Neste momento não sei o que se poderia passar num jogo entre mim e o Novak. Na perspetiva do fã, uma final entre nós seria a maneira ideal de terminar a época. Mas vamos ver o que acontece…”

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

  • coupons for AC Moore
    Reply

    Unsere Tochter ist jetzt 1 und schläft seit der Geburt bei mir bzw. bei uns im Bett – es war nicht so geplant aber es ging nicht anders; die Option wäre gewesen, sie einfach schreien zu lassen bis sie resigniert. Wahnsinn fand ich dann die massive Empörung im Familienkreis (angefangen von den Belehrungen der Schwägerin über die Sorgen der Schwiegermutter über den fehlenden Sex bis hin zu permanenten Vorträgen aus allen Richtungen über plötzlichen Kindstot usw). Es gibt wirklich einen großen Druck von außen, auch der Kinderarzt ist nicht annähernd so neutral wie man meinen möchte und begrüßte uns zur Ux “Ach sie schlafen immernoch im Familienbett… tststs… sie wissen ja wie gefährlich das ist”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *