Tommy Haas prepara novidades (boas) para Indian Wells 2018

Com Indian Wells a ser eleito o melhor Masters 1000 da temporada pelos jogadores do ATP, e o melhor Premier Mandatory de 2017 pelas tenistas do WTA, Tommy Haas podia simplesmente preocupar-se em manter a receita vencedora e senta-se à sombra da… palmeira. Mas, para o diretor do torneio norte-americano, em equipa que ganha, mexe-se.
A pensar na melhoria da edição de 2018, que se realiza entre 5 e 18 de março, o antigo número dois mundial anunciou a revitalização das áreas comuns da competição, a pensar no público. Vão ser plantadas 62 palmeiras pelo Indian Wells Tennis Garden e construídas duas novas fontes. Os espaços verdes vão ser também objeto de ampliação e as telas do Stadium 1, principal court do complexo, vão ter o dobro da dimensão dos anteriores.
“Todos os anos nos esforçamos por melhorar e aprimorar a experiência dos fãs”, disse Haas. “Este anos, estamos concentrados naquilo que torna o nosso evento único: a incomparável beleza da paisagem do Indian Wells Tennis Garden. Penso que os fãs não vão conseguir encontrar nada melhor em todo o mundo”, acrescentou.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *