Tio Toni e o convite inesperado em Roland Garros: «Não sabia que lhe ia entregar o troféu»

Toni Nadal encerrou a longa e bem sucedida jornada junto do seu sobrinho neste final de temporada, despedindo-se da equipa técnica de Rafael Nadal com a memória repleta de inesquecíveis momentos.

Entre as recordações mais recentes que vieram para ficar, tio Toni destaca aquele que foi o ponto alto da temporada de Nadal, a conquista do décimo troféu em Roland Garros. “Quando terminou a final diante do [Stan] Wawrinka, vieram-me buscar”, começa por contar o treinador espanhol ao El Mundo. Não sabia que me iriam convidar para entregar o troféu. Fiquei muito feliz por poder fazê-lo”.

“Emocionei-me”, continuou Toni Nadal, “porque sei o significado que ‘la décima’ tem para ele, é o culminar de um grande ano, apesar de estarmos a meio da temporada. Foi um momento daqueles que ficam”. Tio Toni acompanhou Nadal desde o início da carreira, conquistando com ele 16 títulos do Grand Slam, dois deles neste último ano de parceria.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *