Rafa Nadal apoia o fim do atual formato da Taça Davis: «Isto é muito bonito mas não funciona»

Rafael Nadal, quatro vezes campeão da Taça Davis e disponível para tentar um quinto título em 2018, mostrou-se favorável à mudança do formato da competição para um evento de duas semanas no final do ano – estilo Mundial de futebol – por forma a que os melhores jogadores do Mundo possam marcar presença.

“Eu sou a favor das mudanças. Este formato é muito bonito, mas não funciona, porque grande parte dos melhores jogadores não jogam. O que faz as competições serem memoráveis é os melhores jogarem e isso na Davis nem sempre acontece”, disparou o maiorquino de 31 anos na ressaca do triunfo da Espanha sobre a Alemanha, nos quartos-de-final, que mostrou precisamente o que de melhor tem o atual formato.

Nadal pede que se tente balançar os prós e contras. “É claro que perder o fator casa/fora é complicado. Para Federações como a espanhola, as eliminatórias em casa da Davis são uma fonte de rendimento, por via dos bilhetes, mas temos de ver os prós de poder contar com um formato renovado. Uma espécie de campeonato do Mundo com todos os melhores do Mundo seria bonito, ainda que não perfeito. Acho que pode ser um avanço histórico…”

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *