Recorde. Oito tenistas diferentes contribuíram para o título da França na Taça Davis em 2017

A França conquistou este fim-de-semana a décima Taça Davis da sua história, numa conquista que é prova da impressionante profundidade da atual geração do ténis francês. Ao todo, durante as quatro eliminatórias, oito tenistas diferentes participaram em encontro a contar (excluindo ‘dead rubbers’), o que constitui um novo recorde na prova.

Os oito campeões

  • Jo-Wilfried Tsonga
  • Lucas Pouille
  • Richard Gasquet
  • Pierre Hugues Herbert
  • Julien Benneteau
  • Nicolas Mahut
  • Jeremy Chardy
  • Gilles Simon

Uma impressionante profundidade numa equipa que se deu ao luxo de deixar de fora Gael Monfils – que entrou em desavenças com o selecionador, Yannick Noah – e ainda Benoit Paire, que nunca foi convocado. Adrian Mannarino, atual número três gaulês de singulares, também nunca integrou a equipa.

Em sentido inverso, apenas uma seleção nos últimos 20 anos ganhou a Taça Davis com apenas dois jogadores: a República Checa, com Tomas Berdych e Radek Stepanek, em 2012.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *