Espanha-Alemanha, 3-2. Ferrer vence e vira herói de confronto ÉPICO

Incrível. Épico. Memorável. David Ferrer, de 36 anos recentemente feitos, vestiu este domingo a pele de herói da eliminatória entre a Espanha e a Alemanha, que Nuestros Hermanos venceram por 3-2, ao vencer o quinto e decisivo encontro de um confronto de quartos-de-final que vai ficar para a história da modalidade.

Num encontro decisivo não menos dramático do que o duelo de pares de sábado, David Ferrer, longe dos seus melhores dias mas com o coração e disponibilidade física de sempre, derrotou o alemão Philipp Kohlschreiber por 7-6(1), 3-6, 7-6(4), 4-6 e 7-5 para recolocar a Espanha nas meias-finais do Grupo Mundial da Taça Davis.

Esta é a primeira vez desde 1987 que a Espanha vira uma eliminatória caseira em que perdia por 2-1 após o par. Em setembro, os espanhóis vão até França para disputar as meias-finais.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *