Del Potro: «Obrigado aos que não deixaram que me retirasse do ténis»

O regresso de Juan Martín Del Potro ao ténis é uma das histórias do desporto mundial em 2016. Os Jogos Olímpicos, os triunfos sobre os melhores do Mundo e o título na Taça Davis foram alguns dos pontos altos de uma temporada de regresso ao topo, que antecede uma época de 2017 onde a Torre de Tandil promete ser ameaça em todos os torneios do circuito.

Na ressaca do título em Zagreb, Del Potro não se esqueceu de quem sempre esteve ao seu lado. “Obrigado a todos os que não deixaram que me retirasse do ténis. Isto é incrível. Estive muito perto de não voltar a jogar ténis e… aqui estou eu”, desabafou em conferência de imprensa, visivelmente emocionado.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *