Coric ficou chateado por ser retirado da final da Davis e não deve jogar a prova em 2017

Borna Coric foi um dos elementos mais importantes para que a Croácia chegasse à final da Taça Davis em 2016. O jovem de 20 anos lesionou-se em setembro, falhou os últimos dois meses da temporada ATP para recuperar da operação ao joelho a tempo da final da Davis, foi convocado, treinou com a equipa e… foi excluído no dia do sorteio pelo selecionador Zeliko Krajan, seu antigo treinador, que considerou que Coric ainda não estava pronto, colocando no seu lugar o muito menos cotado Franko Skugor.

“Foi muito duro para mim. Respeito a decisão dele e não pude fazer nada para mudá-la, mas nos últimos dois anos dei tudo por aquela equipa. Joguei todas as eliminatórias e se chegaram à final foi também por minha causa”, confessou em entrevista à Novu TV.

O croata coloca agora em cima da mesa a possibilidade de… renunciar à seleção. “Eu respeito a decisão de me excluírem da final, por isso agora peço que respeitem a minha de querer ou não jogar para o ano. Vai depender da minha saúde e do meu joelho”.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *