Taça Davis. Stade Pierre Mauroy acolhe final entre a França e a Bélgica

Dois dias depois de confirmarem a presença na 18ª final da Taça Davis, a equipa francesa, responsável por organizar o grande confronto frente à Bélgica na luta pelo título, escolher uma vez mais o Lille como cidade que vai acolher o confronto entre os dias 24 e 26 de novembro. Esta tinha já sido a escolha da Federação Francesa de Ténis para o duelo diante da Sérvia, deste fim-de-semana.

Com uma arena capaz de sentar 27 mil pessoas instalada no estádio de futebol Pierre-Mauroy, a equipa francesa vai lutar assim pelo seu décimo título na competição e o primeiro desde 2001. Em comunicado publicado no site oficial da FFT, foi dado a conhecer que várias possibilidades chegaram a ser estudadas, inclusive a U Arena, em Nanterre, mas o feedback positivo deste fim-de-semana terá pesado na decisão final. A França derrotou a Sérvia por 3-1 com vitórias de Jo-Wilfried Tsonga e da dupla Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

Faremos todos os possíveis em colaboração com o Métropole Européenne de Lille para que a equipa francesa possa vencer. Mas para além da vitória, queremos que esta final se torne num evento magnífico, num grande eventos de ténis como foi contra a Sérvia, com um recorde de 47 mil espetadores ao longo dos três dias. E não duvidem: vai estar cheio para receber a Sérvia e transformar aquele estádio num ‘caldeirão’!”, disse Bernard Giudicelli, presidente da FFT.

Esta será a segunda final na história da Taça Davis a ser realizada no Stade Pierre Mauroy, depois da primeira, em 2014, da qual a Suíça saiu vencedora.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *