Schwartzman trocava a sua carreira de tenista para ser… jogador de futebol do Boca Juniors

Diego Schwartzman, uma das grandes figuras das temporada de 2017 no circuito ATP, tem sido muito acarinhado no regresso à Argentina, onde continua de férias e a recuperar de uma pequeno problema físico. El Peke vai desdobrando-se em entrevistas e numa das mais recentes falou da sua paixão pelo futebol… e pelo Boca Juniors.

“Trocaria a minha carreira de tenista pela possibilidade de poder ser titular do Boca Juniors na primeira divisão argentina. Adoro futebol. Se viesse um mágico, pediria para ser o Riquelme”, confessou o número dois argentino, que terminou 2017 dentro do top 30 ATP.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *