Pedro Sousa domina o último encontro e Portugal fecha a eliminatória por 4-1 frente à Ucrânia

Está concluída a eliminatória que vai ficar na história do ténis nacional. Depois de João Sousa ter derrotado Artem Smirnov com parciais de 7-6(3), 7-6(2) e 6-2 e ter garantido o apuramento para o playoff do Grupo Mundial, Pedro Sousa entrou em campo (substituiu Gastão Elias) e venceu facilmente o jovem de apenas 15 anos, Illia Biloborodko com o resultado de 6-0 e 6-1, em apenas 41 minutos de encontro.

Num encontro de sentido único, Sousa impôs o seu ténis e a sua experiência e não se deixou abstrair pelo facto de a eliminatória já estar sentenciada para a equipa das quinas. Do outro lado, o jovem ucraniano acusou a sua estreia na Taça Davis e nunca demonstrou argumentos para fazer frente ao tenista luso. Com esta vitória, Portugal aumentou a sua vantagem e venceu a Ucrânia por 4-1.

O sorteio para o playoff de acesso ao Grupo Mundial irá decorrer esta terça feira.

Sobre o autor
-

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *