Mirka acredita que Federer ainda pode vencer um Grand Slam

É intensa e amplamente adorado pelos quatro cantos do planeta, mas não precisa de meter um pé fora de casa para receber todo o apoio do mundo. Roger Federer é um homem de sorte, apesar de ter tido a temporada mais azarada da sua carreira, e a razão é de peso: Mirka Federer, mulher com quem está casado desde 2009, mas a quem piscou o olho em 2000, durante os Jogos Olímpicos de Sydney.

“Ela mal pode esperar para me ver no court a cem por cento”, revelou o suíço de 35 anos ao Schweizer Illustrierte, conforme se pode ler no Punto de Break. “Ela acredita em mim. Isso dá-me força. Basta olhar para mim durante cinco minutos para saber imediatamente se alguma coisa está errada”, acrescentou Federer, afastado da competição desde Wimbledon, de modo a recuperar da lesão no joelho que o obrigou a passar pela sala de operações em fevereiro.

O campeão de 17 títulos do Grand Slam confidenciou ainda que Mirka acredita que a porta da sala de troféus lá em casa não se fechou definitivamente para os troféus de grande porte. “Eu já lhe perguntei se acredita que eu ainda posso ganhar outro Grand Slam e ela disse que sim. Não o diria se duvidasse disso”, garante Federer, que venceu o seu último Major em Wimbledon, em 2012.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *