Miomir Kecmanovic cumpre promessa de jovem craque em Lisboa; Davidovich cai

Miomir Kecmanovic, jovem sérvio de 18 anos que foi campeão mundial de juniores em 2016, com apenas 16, avançou esta quarta-feira até aos quartos-de-final do Lisboa Belém Open, no CIF, os seus primeiros ‘quartos’ num evento Challenger desde fevereiro.

O tenista nascido em Belgrado, mas que vive na Florida, ultrapassou nos oitavos-de-final, com relativa facilidade, o italiano Federico Gaio, lucky loser que entrou para o lugar de Gastão Elias, por 6-4 e 6-2, em 1h30 de duelo.

“Estou muito contente com a minha semana, pois há muito tempo que não ganhava encontros consecutivos. Estou em Portugal pela primeira vez e estou a gostar, ainda que nos primeiros dias tenha estado algum frio”, confessou o sérvio, mais habituado ao calor e humidade de Bradenton.

Em sentido inverso, Alejandro Davidovich Fokina, espanhol de 18 anos que venceu o torneio júnior de Wimbledon em 2017, foi eliminado nos oitavos-de-final. O espanhol ainda teve três match points no tie-break do segundo set diante do norte-americano Christian Harrison, irmão mais novo de Ryan Harrison, por 5-7, 7-6(8) e 6-1.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *