Kyrgios sai de cena e Querrey vai à final com Nadal

De majestoso vencedor a comum derrotado. Nick Kyrgios mostrou esta madrugada que conhece melhor do que devia o caminho que vai de um extremo ao outro, ao deixar-se surpreender por Sam Querrey, 40.º mundial, nas meias-finais do ATP 500 de Acapulco, no México.

O australiano de 21 anos, número 17 do ranking, que teve sobre si os incandescentes holofotes na jornada anterior, ao derrotar Novak Djokovic com uma exibição de se tirar o chapéu, cedeu pelos parciais de 6-3, 1-6 e 5-7 para o norte-americano de 29 anos, que enfrenta na final da prova mexicana Rafael Nadal.

Kyrgios até começou bem, não tendo enfrentado qualquer ponto de break no primeiro parcial, mas a consistência varreu-se depois disso, com o seu super-serviço, primordial no encontro com Djokovic, a deixá-lo mal, sobretudo no segundo set, altura em que precisou de ser assistido ao braço direito.

Nas duas partidas jogadas contra o número dois mundial, o jogador de Camberra disparou 25 ases, enquanto diante de Querrey não foi além dos 11, ainda que tenham jogado mais um set.

Querrey procura conquistar o seu primeiro título do ano, nono da carreira, mas vai em busca de mais do que isso. O norte-americano espera bater pela primeira Rafael Nadal, que ainda não perdeu qualquer set em solo mexicano (este ano e sempre). O confronto direto está em 3-0. Para já, Querrey tem a certeza de se ter tornado no primeiro norte-americano a chegar à final do Abierto Mexicano Telcel, em 24 edições disputadas.

https://twitter.com/TennisTV/status/837902914999943168

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.