João Sousa e o novo formato da Davis no Grupo 1: «É menos exigente mas também menos bonito»

João Sousa, número um nacional, testou no fim-de-semana pela primeira vez o novo formato competitivo da Taça Davis no que toca ao Grupo 1 da Zona Europa/África. O vimaranense venceu os seus dois encontros de singulares, mas Portugal acabou por perder com a Suécia, em Estocolmo, numa eliminatória disputada em dois dias e através de encontros à melhor de três sets.

No final, o português comentou o que pensa deste formato. “É um formato competitivo diferente, menos exigente tanto física, como mentalmente. Ao mesmo tempo, penso que não é tão bonito quanto costumava ser”, confessou.

O 70.º colocado do ranking ATP assegurou ainda que jogar à melhor de três sets ajuda as seleções que têm especialistas de pares, o que não o caso português. “Para nós é mais complicado…”

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.