Henman: «Não faz sentido o Murray jogar na Austrália»

Tim Henman, um dos melhores jogadores britânicos das últimas décadas, acredita que Andy Murray não deve apressar o seu regresso à competição depois de estar meio ano totalmente parado.

“Eu acho que ele deve ter paciência e evitar precipitar-se na hora de voltar. Não faz sentido jogar o Australian Open. Se está saudável, é capaz de passar duas ou três rondas, mas depois o seu corpo vai sempre ressentir-se do esforço e da falta de preparação”, assegurou Henman.

Murray tem agendada a participação nos torneios de Brisbane e Australian Open durante o mês de janeiro.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.