Gastão Elias: «Ninguém está satisfeito com o que fez até agora. Queremos mais»

Dar o máximo para fazer da eliminatória especial contra a Alemanha verdadeiramente histórica. O mote dos jogadores lusos que vão pisar a terra batida do Centralito este fim-de-semana para tentar levar Portugal pela primeira vez ao Grupo Mundial da Taça Davis está dado. Gastão Elias, número três da seleção Portuguesa, admitiu não se contentar com o play-off. Quer mais.

“Nenhum membro da equipa vê esta eliminatória como missão cumprida”, disse o jogador da Lourinhã em conferência de imprensa, esta quarta-feira. “Ainda falta um passo para podermos realmente festejar. Um passo muito importante para a nossa equipa, jogadores, ténis português. Seria um fim-de-semana histórico. Ninguém está satisfeito com o que fez até agora. Queremos mais. Vamos fazer tudo para chegar ao grupo mundial”, frisou.

Já João Domingues, sublinhou a vontade do grupo de dar mais um passo em frente. “Esta eliminatória é especial e querermos dar o melhor. Queremos ganhar e espero que isso aconteça. A preparação tem sido normal. Estamos todos a dar o máximo para abordar esta eliminatória da melhor maneira”.

A equipa Portuguesa é composta por João Sousa, Pedro Sousa, Gastão Elias e João Domingues, sendo suplente Gonçalo Oliveira.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *