Gastão Elias: «Tenho a certeza de que vamos ganhar amanhã»

Clareza na análise do encontro de hoje e confiança nos duelos de amanhã. Foi com este espírito que Gastão Elias surgiu na sala de imprensa do Jamor, após o deslize no encontro de pares, disputado ao lado de João Sousa, que colocou a Alemanha a vencer a eliminatória por 2-1.

“A diferença esteve no aproveitamento melhor dos momentos importantes, e eles foram mais felizes, foram muito corajosos e serviram muito bem a partir do segundo set. O Puetz mexia-se muito bem à frente, e deixou-nos muito pressionados a responder. Isso foi também a chave do jogo. Em nenhum momento estive tranquilo a responder, sentia muita pressão do outro lado da rede”.

“Quando era o Puetz a servir, o Struff, com 3,2 metros, cobria muito bem a rede e fazia com que fosse difícil encontrar um buraco para meter a resposta. Estamos, obviamente, um pouco tristes por termos perdido. Mas saímos de cabeça erguida, e amanhã tenho a certeza de que vamos ganhar”, afirmou o jogador da Lourinhã, referindo, ainda, que que a cinco sets é normal haver quebras de nível.

“Se não tivéssemos tido altos e baixo não estávamos neste posição, estávamos a lutar pelo US Open e por todos os Grand Slams. Em cinco sets e em quatro horas é normal”, observou Elias.

Relembre-se que Portugal precisa de vencer os dois encontros de singulares este domingo para ascender ao tão ambicionado Grupo Mundial da Taça Davis.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *