Federer: «Eu e Nadal já tivemos os nossos problemas mas hoje sinto-me feliz por chamá-lo de amigo»

A relação pessoal de Roger Federer e Rafael Nadal, os dois melhores tenistas da história, voltou a ser trazida à conversa este domingo em Xangai, na sequência da final entre ambos, ganha em dois sets pelo suíço, que assim conquistou na China o seu sexto título da temporada.

“A nossa rivalidade foi muito importante para o ténis. Porque jogamos de forma diferente, temos atitudes dentro do court diferentes e somos muito diferentes na forma como também encaramos as nossas vidas pessoais. O que temos em comum é a mentalidade nos momentos importantes”, confessou Federer em conferência de imprensa.

Federer lembra que a amizade que agora nutre por Nadal… nem sempre funcionou assim. “Tivemos os nossos problemas no passado, as nossas batalhas, os nossos momentos. Mas hoje sinto-me muito feliz e orgulhoso e poder chamá-lo de amigo”.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *