Djokovic confirma mudanças no serviço: «Trabalhei nisso nos últimos meses»

O regresso de Novak Djokovic aos courts, na quarta-feira passada, já seria, por si só, um bom motivo de falatório, mas o sérvio de 30 anos deu aos fãs, jornalistas e demais elementos da comunidade tenística outra boa razão para se tornar no centro das atenções: o seu renovado serviço.

Depois de testar as alterações no gesto técnico diante de Dominic Thiem, na exibição em Kooyong Park, o antigo número um mundial admitiu, já em Melbourne Park, ter precisado de fazer alterações por culpa da lesão no cotovelo. “Era uma parte do meu jogo que eu precisa de rever por causa dos problemas no cotovelo”, disse Djokovic, em conferência de imprensa. “Trabalhei nisso nos últimos meses, com o Radek [Stepanek] e o Andre [Agassi]”.

“O movimento não é completamente diferente do anterior”, explicou, “mas no início esses pequenos ajustes fizeram muita diferença mentalmente. Precisava de tempo para me habituar à mudança e perceber se isso seria ou não bom para mim. Estou feliz com o meu novo movimento de serviço, Não quero dizer ‘novo serviço’, mas sim novo movimento de serviço”, frisou.

“Sinto que gasto menos energia e que sou mais eficiente. Estou ansioso por experimentar o serviço aqui”. A cobaia vai ser o norte-americana Donald Young, seu primeiro adversário no Open da Austrália, que tem início esta segunda-feira.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *