Dimitrov escorrega frente a Harrison; Nishikori avança tranquilamente

Grigor Dimitrov aguentou-se na estreia, mas não resistiu ao segundo desafio em solo mexicano e diz adeus ao ATP 500 de Acapulco antes de alcançar os quartos-de-final. O búlgaro de 23 anos, número dez mundial e campeão em título, foi surpreendido pelo norte-americano Ryan Harrison, 169.º do ranking mundial, por 7-5, 4-6 e 0-6, que conquista a sua primeira vitória da carreira sobre um jogador do top 10.

“Estou muito feliz por estar aqui, e entusiasmado por me poder centrar na minha carreira. Quero ser o melhor jogador do mundo. É uma das coisas com que te preocupas, fazer o que gostas e tornares-te no melhor”, disse Harrison.

Mas as surpresas não se resumiram a Dimitrov. Bernard Tomic eliminou o oitavo pré-designado, Beijamin Becker, por 4-6, 6-3 e 6-2, confirmando o seu ótimo momento de forma, enquanto Viktor Troicki passou por Santiago Giraldo, sétimo, cabeça-de-série, por 6-3 e 6-4.

Sortes distintas tiveram Kei Nishikori e David Ferrer, primeiro e segundo cabeças-de-série. O japonês derrotou facilmente Yen-Hsun Lu por 6-1 e 6-3, para conquistar o sexto triunfo consecutivo e um lugar no top 8 da prova mexicana. Já o espanhol tirou do caminho o australiano Marinko Matosevic, por 7-6(3) e 6-4.

Nos restantes encontros da jornada, Ivo Karlovic superou a muito custo o sérvio de 24 anos Dusan Lajovic por 3-6, 6-3 e 6-1, ao passo que Alexandr Dolgopolov não sentiu dificuldades de maior para se impor face ao austríaco Andreas Haider-Maurer, por 6-2 e 6-3. Kevin Anderson, quarto pré-designado impôs-se frente a Steve Jonhson, pelos parciais de 3-6, 7-5 e 6-3.

 

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *