Daniil Medvedev ultrapassa início desastroso e conquista o título de Sydney frente a Alex de Minaur

Quem viu o início do encontro entre Daniil Medvedev e Alex de Minaur, dificilmente iria prever o seu desfecho. Mas o jogador russo de apenas 21 anos conseguiu mesmo fazer um ‘reset’ no seu jogo e recuperar de uma desvantagem de um set para derrotar a sensação de 2018, Alex de Minaur, na final de Sydney, triunfando pelos parciais de 1-6, 6-4 e 7-5. Este foi o primeiro título para Medvedev a nível profissional.

A final era entre os números 167 e 84 do mundo, mas todo o mediatismo em torno deste encontro fazia esquecer as classificações de ambos os jogadores. Medvedev é uma das maiores esperanças do ténis russo dos últimos tempo e tinha pela frente um outro jovem, de apenas 18 anos, que tem feito correr tinta pela imprensa especialmente depois de ter chegado às meias-finais de Brisbane, na semana passada.

O início do encontro foi totalmente dominado por de Minaur, que montou uma parede defensiva no fundo do court e fez com que Medvedev levasse as mãos aos cabelos. O russo cometeu 22 faltas não provocadas e parecia não estar a encontrar forma de quebrar o momento do australiano, que estava num bom caminho para ‘terminar’ a tarefa que tinha ficado a meio na semana passada.

Mas o segundo set trouxe níveis exibicionais diferentes. Alex de Minaur manteve a consistência e as pancadas agressivas, mas foi Medvedev quem fez a diferença, reduziu as faltas não provocadas e começou a aplicar um pouco do seu favoritismo no encontro para equilibrar o marcador.

Na terceira partida, o jogador russo manteve o ascendente e ficou a três pontos de conquistar uma vantagem de 5-1, mas duas duplas faltas seguidas por uma direita longa deram novamente esperanças a de Minaur e ao público australiano, que ainda viu o seu jogador igualar o marcador a 5-5. No entanto, tal não viria a ser suficiente, e foi mesmo o jovem oriundo da fase de qualificação quem levou a melhor ao fim de mais de duas horas em court.

Daniil Medvedev torna-se no terceiro jogador russo com menos de 22 anos a conquistar um torneio no circuito ATP, e também o quarto jogador qualifier a sair de Sydney invencível.

 

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.