Chegou ao a surpreendente prestação de Lamine Ouahab no ATP 250 de Casablanca. O jogador marroquino, detentor de uma direita com um grande peso de bola, tal como demonstrado na eliminatória da Taça Davis frente a Portugal, caiu hoje aos pés de Daniel Gimeno-Traver por 6-4 e 6-3 em pouco mais de uma hora. Jiri Vesely e Martin Klizan também venceram.

Foi com 82% de pontos ganhos no primeiro serviço e contra praticamente todos os espectadores das nas bancadas que Daniel Gimeno-Traver travou convidado Lamine Ouahab, que na ronda anterior tinha eliminado o campeão em título.

Por um lugar na primeira final da sua carreira como profissional, o jogador espanhol, número 95 do mundo, vai medir forças com Jiri Vesely. O terceiro cabeça-de-série colocou em Casablanca um ponto final a uma série de sete derrotas consecutivas e levou a melhor diante de Aljaz Bedene, por 6-1 e 6-4.

No segundo duelo das meias-finais, Martin Klizan vai tentar dar seguimento à boa vitória desta sexta-feira, já que levou a melhor frente ao experiente Nicolas Almagro por 6-4 e 7-6(3). O segundo pré-designado vai encontrar Dami Dzumhur, que surpreendeu Andreas Haider-Maurer com o resultado de duplo 6-3.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *